5 dicas para limpeza de porcelanato

1. Compre um porcelanato de 1ª qualidade, buscando informações em sites como o Reclame aqui: porcelanatos de baixa qualidade podem ter maior porosidade e maior dificuldade de limpeza.

2. Faça uma boa limpeza pós obra, observando as instruções da caixa do porcelanato ou site do fabricante.

3. Jamais faça testes com mistura de produtos de limpeza e evite o uso de produtos de base ácida.

4. Faça a limpeza pós obra por etapas (a cada 5 a 6 m²) e enxague bem o piso para eliminar os resíduos e não apenas movê-los de lugar.

5. Após a limpeza pós obra, um bom porcelanato deve ser limpo apenas com água e detergente neutro. Manchas mais resistentes podem exigir um limpador de porcelanato de base alcalina.

 

10 dicas importantes para colocação de revestimento de piscina

1. Muita atenção à impermeabilização: caso ela não seja feita corretamente, o custo e trabalho para refazer é traumático

2. Normalmente uma impermeabilização exige 14 dias de cura: respeite o prazo exigido pelo fornecedor

3. Os prazos de cura e aplicação de cada etapa deve ser seguido rigorosamente: impermeabilização, colocação do revestimento, rejuntamento e momento de colocar água na piscina.

4. Usar sempre produtos de impermeabilização e instalação recomendados pelas lojas ou engenheiro

5. Argamassa e rejunte são itens tão importantes quanto ao próprio revestimento: não economize ou improvise

6. Seguir rigorosamente todas as instruções das embalagens, especialmente quanto a prazos

7. Não criar fórmulas caseiras ou misturas de produtos, a não ser que seja autorizada pelos fabricantes

8. Argamassa tem um tempo de cura antes de aplicar, especialmente as argamassas para uso em piscina: veja o tempo correto de cura na embalagem

9. Exija a colocação do revestimento da piscina em panoa máximos de 2 m². Em panos maiores, a argamassa pode estar seca no final na aplicação, especialmente em dias quentes e secos

10. Testar a impermeabilização por 7 dias antes aplicar revestimentos

 

6 dicas para uso correto da argamassa

1. Seguir todas as instruções das embalagens: a maior dos problemas de instalação não decorrentes da não leitura das instruções

2. Atenção aos prazos de tempo em aberto e cura da argamassa – seguir informações da embalagem

3. Usar dupla camada de argamassa para porcelanato acima de 60×60 (na base e no verso da peça)

4. Seguir a especificação de argamassa do fabricante do revestimento, constante na caixa do revestimento ou site do fabricante

5. Atenção à espessura e sentido dos cordões de argamassa (seguir instruções do fabricante)

6. Usar sempre água limpa para misturar a argamassa e um misturador mecânico (exemplo, uma furadeira com o acessório para mistura de massa)

 

6 dicas principais para impermeabilização de banheiros

1. A superfície que receberá o produto deve estar regular. Essa regularização deve ser feita com caimento mínimo de 0,5% em direção aos pontos de escoamento de água e a camada deve estar perfeitamente aderida ao substrato. Por isso, é necessário limpar e molhar o concreto antes de aplicar a argamassa.

2. Áreas críticas, como os rodapés, precisam de um cuidado maior. Antes de aplicar o impermeabilizante, umedeça essas regiões e realize o arredondamento dos cantos, aplicando argamassa com uma colher de pedreiro.

Outra região que merece muita atenção é o entorno dos ralos. Umedeça a superfície e realize o rebaixo dos ralos eliminando, todos os cantos vivos.

3. Após o tratamento das regiões críticas, se inicia a aplicação do impermeabilizante. Em banheiros, é importante aplicá-lo em todo o piso e nas paredes até 1,2 m de altura no box e nas demais paredes 20 cm acima do piso acabado.

4. Após a secagem – o que pode levar cerca de quatro horas – aplique a segunda demão de forma cruzada em relação à primeira.

5. Espere novamente a secagem antes de aplicar a terceira demão de impermeabilizante, mais uma vez, de forma cruzada.

6. Terminada a secagem completa (72 horas), faça o teste de estanqueidade. Coloque uma lâmina de água de sobre a superfície e aguarde pelo menos 72 horas.

 

Vantagens de bancada em corian

1. A Neovilla oferece o serviço completo, com medição, projeto, produção e instalação, e tudo com o Corian original produzido pela Dupont.

2. Instalação muito mais simples pois o material é mais leve e permite reparos (algo comum em bancadas e cubas)

3. Exclusividade: por ser um produto especial, não é muito pulverizado o que garante exclusividade e diferenciação

4. Permite projeto personalizado com acessórios como escorredor de pratos e até carregador de celular

 

Porque o Corian é o revestimento para bancadas mais higiênico do mundo

1. Emendas imperceptíveis: a técnica utilizada para a união das placas Corian faz com que as juntas e emendas da superfície formem uma placa única, resultando em uma superfície perfeitamente lisa. Essa característica evita o acúmulo de sujeira.

2. Impermeabilidade: Corian não absorve substâncias que mancham, o que faz com que, mesmo após anos de uso, a superfície se mantenha como nova. Na cozinha, área de preparo dos alimentos, essa é uma característica fundamental.

3. Ausência de poros: Por não possuir poros, ao ser devidamente limpa, a superfície sólida impede o crescimento de micro-organismos. Além disso, Corian possui Certificação NSF, certificação standard para materiais e componentes utilizados em contato com alimentos e bebidas.

 

Dicas para manter obras paradas com segurança

1. Fechar ralos com tela evitando acúmulo de sujeira

2. Atenção às varandas, piscinas e áreas externas – a impermeabilização dura até X dias sem um porcelanato ou outro revestimento por cima

3. Organizar material em poucos locais para melhor controle

4. Fazer inventário dos materiais que ficarão na obra

5. Aproveite para montar cronograma da obra e check list de materiais e serviços

6. Proteger piso com lona e papelão no caso de pisos polidos

7. Limpar bem obra e remover entulho

8. Atenção à água parada – veja semanalmente se há pontos de empoçamento

9. Revisar especificações de materiais e orçamentos

10. Aproveite para revisar projeto estético com arquiteto ou design de interior

11. Faça ao menos uma visita semanal

12. Deixar portas e janelas fechadas da obra para uma possível chuva

13. Fechar registros hidráulicos e desligar o disjuntor principal do quadro